Ponte Preta troca técnico e Vadão assumirá seleção feminina

Ponte Preta troca técnico e Vadão assumirá seleção feminina

CAMPINAS – A Ponte Preta oficializou, na noite deste domingo, a saída do técnico Vadão, que assumirá o comando da seleção brasileira feminina de futebol. Para completar, o time de Campinas confirmou a contratação de Dado Cavalcanti como substituto. O novo treinador será apresentado oficialmente, no final da manhã de segunda-feira, quando falará com a imprensa no Estádio Moisés Lucarelli.

Após isso, já irá comandar a equipe no treinamento da tarde visando a estreia da na Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Icasa, na sexta-feira, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

Embora o discurso alvinegro seja que “a diretoria agiu rápido”, após o pedido de demissão de Vadão, na noite deste domingo, o fato é que a troca de comando está definida há vários dias. Vadão havia recebido oficialmente o convite da CBF para assumir a seleção feminina, durante a semana. A entidade aguardava apenas a chegada do antecessor Márcio Oliveira, que foi dirigir as meninas em amistoso na Austrália – onde perderam por 2 a 1 para a seleção local – para comunicá-lo da decisão.

Nestes dias de espera pela oficialização da CBF, a diretoria alvinegra aproveitou-se do fato de Dado Cavalcanti estar sem clube para iniciar as conversas. Em um primeiro contato, o jovem treinador chegou a fazer um pedido salarial acima dos atuais padrões da Ponte, mas as duas partes chegaram em um acordo.

O presidente pontepretano, Márcio Della Volpe, lamentou a saída de Vadão, mas acredita que o novo comandante alvinegro fará um excelente trabalho e cumprirá a meta maior da Ponte neste ano, que é a de voltar para a elite do campeonato nacional. “O Brasileiro começa já na sexta e nossa única preocupação agora é a de que o Dado possa dar sequência ao trabalho que vem sendo desenvolvido para fazer uma boa estreia contra o Icasa”, pontuou.

NOVO COMANDANTE
Dado Cavalcanti, de 32 anos, teve grande destaque dirigindo o Mogi Mirim em 2013, quando levou a equipe às semifinais do Campeonato Paulista e foi eleito melhor treinador da competição. Na oportunidade, ele chegou a ser cogitado na Ponte, que acenava para uma possível saída de Guto Ferreira após o Estadual, algo que não aconteceu.

Dado iniciou a carreira como jogador nas categorias de base do Santa Cruz e do Náutico, mas não foi aproveitado e começou a trabalhar na comissão técnica dos juniores, abraçando a carreira de treinador.

É de Dado a marca de treinador mais jovem do Brasil a conquistar um título do futebol profissional, com apenas 24 anos, no Ulbra-RO (em 2006). Ele também foi eleito o melhor treinador do Pernambucano de 2010. Entre os títulos conquistados pelo jovem técnico estão o bicampeonato rondoniense pelo Ulbra (2006 e 2007), o torneio de terceira divisão brasiliense pelo Brazsat (2008), a Copa Pernambuco pelo Santa Cruz (2009) e o Campeonato Matogrossense pelo Luverdense (2012).

Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,ponte-preta-troca-tecnico-e-vadao-assumira-selecao-feminina,1153363,0.htm

vadao_04 vadao_03 vadao_02 vadao_01 vadao_05